30.9.14

Assusta-me pensar que daqui a um ano estarei a fazer 20 anos.

19.9.14

Poesia que me descreve

"(...)Ah, poder ser tu, sendo eu!
Ter a tua alegre inconsciência,
E a consciência disso! Ó céu!
Ó campo! Ó canção! A ciência

Pesa tanto e a vida é tão breve!(...)"

18.9.14

Seguimento do post anterior

Hoje, durante a teorico-prática de Fundamentos de Biologia Molecular, onde estamos a colmatar as falhas de Genética que temos, o professor, ao falar de genes e ao responder a uma dúvida sobre o que era determinado pelo genoma, o que era condicionado pelo ambiente e as predisposições genéticas que temos, disse que no genoma podia estar um gene que fizesse com que tivessemos maior predisposição ao alcoolismo ou a tendências homossexuais.
Ponto 1: Aqui está a prova de que isto é tudo natural e não sou (somos) aberrações nenhumas.
Ponto 2 e a razão por que estou a escrever este post: uma das minhas amigas que tem aula comigo virou-se para mim, mal o professor disse isto.

Não sei porque raio isto tudo me anda a incomodar. Quer dizer, é como se o facto de eu ser gay me definisse completamente, fazendo com que tudo o que envolva gays tenha também de me envolver a mim. É um pouco frustrante, sinceramente...

16.9.14

Pensamentos

É giro estar out & proud e ser aceite pelos amigos, mas quando os amigos estão sempre a pedir desculpa por fazerem/dizerem coisas sobre os gays, torna-se chato.
Pronto, era só isto, não queria entrar muito em detalhe...
O regresso à escola está a correr bem, mas as aulas de apresentação são a coisa mais chata de sempre, enfim... Preciso que comecem a dar matéria, para estabelecer uma rotina de estudo. É de rotina que preciso... As férias desregularam-me todo.

12.9.14


Descobri este fabuloso senhor no outro dia. É relaxante. Faz-me lembrar o Chet, somehow.
Para além disso, esta letra é fantástica!