28.6.14

Ele | Desistir | Continuar

Ele não o disse por mal, eu sei que não. E eu também não o levei a peito, mas aquela sua pergunta deixou-me a reflectir, mais uma vez, sobre o tipo de relação que temos.
O que é que eu vou falar com ele?
É certo que já tínhamos falado hoje, contudo, não posso deixar de analisar todas as conversas que tenho com ele, comparando-as com as que tenho com ela. Mesmo estando longe, eu e ela continuamos a falar imenso, creio que até mais, do que quando estávamos mais perto, mas com ele, as coisas não mudaram para melhor: falamos pouco e as nossas conversas por telefone são pontuadas por silêncios constrangedores, em que cada um tenta chegar ao outro, mas falha miseravelmente. Há, por vezes, momentos, em que nos conseguimos ligar, mas são tão raros e tão breves...
Já não é a primeira vez, nem será a última, que escrevo sobre isto, sobre a minha relação com ele. Devia certamente parar de me queixar e tentar agir, mudar as coisas, mas eu sou demasiado como ele, demasiado reservado; os sentimentos são coisas minhas, prefiro guardá-los todos para mim, porque, desse modo ninguém me pode magoar. Mas acabo magoado, quer queira quer não e já devia saber que esta estratégia não funciona, mas... é mais forte que eu!
Não tinha intenção de escrever aqui hoje, sobre isto ou sobre outra coisa qualquer, mas ando preocupado, assustado e hoje, mais do que nunca, abateu-se sobre mim uma solidão imensa. É nestes momentos que só penso em desistir...
Contudo, de alguma forma, arranjo sempre maneira de conseguir ir em frente. Será coragem? Eu penso que não, penso que é, simplesmente, a cobardia de não querer, de não conseguir agir.

23.6.14

Três músicas de três bandas que descobri recentemente



(ide ao spotify e ouvi a versão acústica de Bloodflood, que é divinal!)

Tenho vergonha de Portugal

Vocês não têm noção dos nervos que me dão os discursos patrióticos que aparecem no Facebook, de gente a dizer que nunca terá vergonha de Portugal, que é Portugal até morrer e que acreditam sempre. Mas vai-se a ver e o conceito de Portugal dessa gente reduz-se a uma só palavra: futebol. Acusam os que ainda antes do jogo de ontem ter acabado, já estarem a fazer comentários negativos, mas eles não, eles ficaram até ao fim e tem muito orgulho em serem portugueses e não têm vergonha nenhuma!

Puta que os pariu a todos, que vergonha é aquilo que mais sinto quando vejo os noticiários e vejo a miséria em que este país está e a miséria de políticos que temos.
Foda-se mais para essa gente tão patriótica! Com gente assim, como é que Portugal está na merda em que está?!

21.6.14

Reflexões de um heterossexual que não quer complicações

Entra um amigo meu na sala de estudo da residência e diz-me:
-Vou-te contar um segredo: as gajas são muito complicadas. Um gajo até podia virar gay para se livrar da complicação, mas sabes... Os gays são na mesma! Isto é uma merda...

20.6.14

O pénis do namorado

Conseguiriam, por ventura, vocês, pessoas que estão comprometidas com o vosso mais que tudo, adivinhar qual era o pénis dele, estando com uma venda nos olhos e havendo uma fila de homens?


Toda a notícia aqui!

Ainda o Reader

Lembra-se deste post? Pois bem, o Aaron Suzaku disse que usa o Inoreader e que é muito bom e tal... Pois bem, está uma alternativa ao feedly. Eu estou a experimentar e até agora não me tem dado problemas!

Zambujo e amigos

Pois que ontem fui ver um dos concertos da NOS. Um espectáculo de luz na fachada da câmara, meia hora de atraso, mas valeu a pena!
Música portuguesa é aquilo.

14.6.14

Desespero a meio do estudo

Matai-me já! 
Oh, sempre é melhor que morrer lentamente. Sempre é melhor morrer já, do que sofrer em agonia excruciante até ao último suspiro e só Deus sabe quanto tempo pode isso demorar. Até o faria eu mesmo, mas sou covarde. 
Por favor, tenham misericórdia deste pobre homem que se ajoelha perante vós, e façam o que ele vos pede. Não tenho riquezas que vos possa dar, mas vós sois conhecidos pela vossa bondade e compaixão, por isso, rogo-vos, ajudai-me! 
Matai-me já, que ainda consigo suportar o sofrimento. Matai-me agora, que ainda tenho quatro exames para fazer, logo, quatro cadeiras para passar e estou a ver o cenário a ficar muito negro!

Porque é que eu não estudei durante o semestre?

13.6.14

Dos Santos


  • Muita bicha na rua
  • Muito gajo lindo, com gandas rabos e camisas de cavas (é uma perdição! Ai calores!)
  • As marchas são uma coisa muito gira, mas não vi tudo!
  • A idade pesa! Se eu acordar às 7.30 da manhã, fizer um exame de hora e meia e não fizer mais nada o resto do dia, fico a morrer de sono às 23.30. Andei pela Avenida da Liberdade e fui dar ao Terreiro do Paço, nem subi aos bairros típicos nem nada, tal era o estado, mas para o ano há mais. À uma estava na cama. Sozinho. 

12.6.14

Confesso que me entusiasmei... ;)


O Robb Stark de Guerra dos Tronos! Apesar do final da cena, confesso que gostei!

Gays in Science


Comecei a ver os videos deste canal na semana passada e são muito interessantes. Obviamente que já me tinha apercebido que eles jogavam na minha liga, mas não sabia que eles estavam juntos, o que torna tudo mais fofo! 

10.6.14

Que reader é que usam?

Estou a usar o feedly para ler os vossos blogs, mas estou-me a sentir insatisfeito, pelo que ando à procura de alternativas.
Saudades que eu tenho do Google Reader!

6.6.14

[Sem Título]

Quando menos se espera, aparece alguém na nossa vida que nos faz questionar aquilo que tomávamos como certo.  

3.6.14

Sansa Stark: a rapariga que não é nada sonsa!

Sei que sou um nerd quando tenho discussões acesas com pessoas acerca de personagens fictícios de livros, filmes ou séries. Mas isto de eu ser nerd não constitui novidade nenhuma para mim.
[Não vou fazer spoilers do episódio desta semana, mas vou falar sobre coisas de temporadas anteriores... Não quero estragar a série a ninguém!]

2.6.14

Gays are everywhere now!

Já andava para falar disto há algum tempo. Vi esta notícia agora no facebook e... Eu não sei bem explicar, mas chateia-me um pouco isto ser notícia.
Esta novela tem um personagem gay, aquela novela tem outro, o final desta novela teve um beijo gay...
Epah, às vezes penso que eles se cagam para nós e que só fazem isto para ganhar (a nossa) audiência, tipo o Cláudio Ramos que andou a dizer mal das bichas e que era um homem cristão e depois vai de lançar uma linha de alianças para homossexuais, com o seu "companheiro" ou lá o que é, o Pedro Crispim.
Tal como muita gente gosta de dizer que não é um casamento gay, é um casamento, ponto, então talvez devessemos começar a fazer o mesmo em relação às outras coisas, digo eu...

Porque é que isto me chateia tanto? Não sei, dormi pouco hoje e estou cansado.

1.6.14

Errar, errar, errar

Apetece-me castigar-me por ser estúpido e não aprender à primeira com os erros que cometo. Preciso de repetir o mesmo erros uma e outra vez para perceber que, talvez, não devia fazer as coisas desta forma e mesmo assim, sou capaz de insistir mais um pouco só para ter a certeza.
[A partir daqui é o descalabro total, não se sintam obrigados ler. Apenas tinha que o deitar para fora. Foram avisados.]