1.5.14

Conversas no comboio

Estou no comboio. Decidi tirar os fones. Deve ter sido a decisão mais estúpida que já tomei nesta viagem.
Comecei, inevitavelmente, a ouvir a conversa atrás de mim: um homem zangado com algo que lhe tinha acontecido (não cheguei a perceber o quê) e que dizia que não estava para aturar bananas, nem paneleiros. Que para ele, bananas e paneleiros e pedófilos deviam ser postos num poço e os problemas deste país acabavam. Mais, que pedófilos e paneleiros era tudo a mesma coisa e acrescentou que era contra a adopção de crianças por casais do mesmo sexo.
Eu simplesmente suspirei e a pessoa à minha frente olhou para mim, sentindo-se igualmente incomodada com os comentários deste "senhor". Ele continuou a falar e eu continuei a controlar-me para não me virar trás e dizer-lhe que se calasse, que quando ele fala, baixa o QI de toda a carruagem!
Enfim, eu acho que pessoas como ele é que deviam ir para um poço, mas isto é só a minha opinião e tenho a certeza que hão-de vir pessoas dizer que ele tem direito à sua opinião, logo, eu também tenho direito à minha.
O que mais me irrita é que, quando o gajo passou para se sentar, eu pensei: "este comboio hoje vai cheio de bichas", porque tem mesmo aquele arzinho, enfim... e o gajo à minha frente também é... E depois, eu. Fora os restantes desta e das outras carruagens.

4 comentários:

Kyle Phillipe disse...

os piores homofóbicos são os próprios homossexuais :/

Horatius disse...

Esta na fase da negação. Agora há dois caminhos possíveis. Ou se aceita e se descobre, e se torna feliz, ou entra numa espiral de negação e torna-se estúpido e infeliz.

Miguel R disse...

Infelizmente isso é o pão nosso de cada dia. Há muitos que são extremamente homofóbicos e estão dentro do que eu chamo de "um armário de vidro". dizem essas coisas pra se sentirem mais másculos e mais aceites. É ridículo mas pronto, ires dizer alguma coisa era mesmo gastar latim e causar confusão, pode ter custado mas ficaste melhor calado :/

Namorado P.S. disse...

Há gente ainda muito ignorante. Dass.