22.2.14

Tirar ou não tirar... a carta

A minha tia disse que ajudava os meus pais a pagarem-me a carta, no Verão, a cena é que eu acho que não estou muito interessado em passar o meu Verão a fazer isso, tendo em conta que é só um mês de férias e tal...
Isto veio a propósito de a minha mãe lhe ter dito que eu queria ir para o ginásio, mas que não dava nesta altura, porque havia muitas despesas e o dinheiro não chegava para tudo. A minha tia disse que nisso não ajudava, mas que ajudaria na carta, para falarmos com ela. Deus sabe o quanto ela tem ajudado! É a avó que eu nunca tive, no sentido, de me deixar fazer todas as maluquices, de me levar desde pequeno de férias para a praia e que me conhece melhor do que eu suspeito! 
Enfim... 
A minha mãe manda-me correr, mas eu odeio correr, por isso vou sendo sedentário. Pelo menos vou todos os dias a pé para a faculdade, ou quase todos. 
Voltando à carta, eu não preciso muito dela aqui em Lisboa, até porque não iria ter carro. Lá, na terra, sujeito-me às boleias que me queiram dar... 
A propósito disso, passei lá a semana passada, a única semana que tive de férias e, sinceramente, já não gosto muito daquilo. Não sei, já estou demasiado habituado a estar relativamente sozinho, em Lisboa, que me sinto estranho quando vou a casa. Mas eu sou um pouco complicado, penso demasiado nas coisas e isso é mau. 
Estou a gostar da faculdade. Creio estar a gostar do curso. Não sei bem, nunca sei o que responder se era o que estava à espera, porque não sei o que estava à espera, para ser honesto. Só chumbei a uma cadeira por desleixo e por desleixo tirei notas miseráveis, contudo a matéria é interessante! 
Era isto... Até à próxima. 

5 comentários:

um coelho disse...

Até que enfim, qualquer coisa. Tirar a carta não te vai ocupar as férias todas, mas pode ser uma boa oportunidade, daquelas que não se deve desperdiçar. Eu sei que a rede de transportes é razoável em Lisboa, mas se te calha ires trabalhar para um sítio mais tramado, vais valorizar bastante o facto de teres carta.
Quanto ao ginásio... tu sempre fizeste natação, não podes estar assim tão mal de corpo, podes sempre ir às piscinas municipais. Das que conheço, a de Sete Rios é bastante boa, relativamente recente, e claro, baratinha.

Horatius disse...

Com o tempo aprendemos a gostar e a ter gosto em estar sozinhos. Quando se volta a terra é horrível...

AdamWilde disse...

@Horatius, é mesmo esse o sentimento!!
@um coelho, não estou assim tão mal, continuo magro e tal, mas já não tenho resistência física nenhuma!

Kyle Phillipe disse...

o desporto faz sempre bem ;) procura na faculdade, pode ser que eles ofereçam descontos ou assim, há algumas que o fazem.
Quanto à carta, estou com um problema parecido, mas acho que vou optar por tirar :)

Namorado P.S. disse...

Podes sempre fazer exercício na rua. tens montes de exercícios que se fazem nas máquinas no gym, que podem ser realizados ao ar livre de outra forma. Basta fazer uma leve pesquisa na net. Agora está frio é verdade, mas não é nada que não se faça. E sobre a carta é uma oportunidade e que devias de aproveitar. Estás a pensar no presente e não no futuro. O que a meu ver é um pouco redutor. E digo-te isto por experiência própria. Também não quis tirar, odiei e andei lá contrariado, chumbei, voltei e passei e hoje em dia dá-me muito jeito principalmente na minha vida pessoa.