15.2.14

Porque é que eu não gosto do Dia dos Namorados (ou de qualquer outro dia dedicado a qualquer outra coisa qualquer)

Quando chega a altura do Dia dos Namorados, há sempre uma separação entre os casais e os solteiros em que, geralmente, os primeiros partilham a sua felicidade com todo o mundo e os outros partilham o seu "ódio" por este dia sendo acusados injustamente de terem inveja
Eu incluo-me no grupo daqueles que partilham do ódio pelo Dia dos Namorados, mas não acho que tenha inveja. Ou talvez até tenha um bocadinho, já lá vamos.
O Dia dos Namorados (bem como qualquer outro dia) tornou-se numa celebração demasiado comercial, com muito alarido à sua volta. Eu sou uma pessoa que cria altas expectativas com muita facilidade, pelo que, ver todos aqueles anúncios sobre os casais românticos me deixa com uma certa inveja, mas, tanto é com o Dia dos Namorados, como com o Natal, ou a passagem de ano... Portanto, não é verdadeiramente a inveja pela coisa em si, isto é, não é a inveja de não ter um namorado, mas a inveja de não ter momentos perfeitos como aqueles que passam na televisão. (E para mim, isso não é algo a que se possa chamar inveja, no sentido literal da palavra.) 
Para mim, isto é um problema que começa com todas aquelas concepções que crio quando vejo televisão, com os anúncios que me dizem que este ou aquele momento tem de ser vivido desta maneira, porque assim é que se vive a vida ao máximo e se consegue ser feliz, verdadeiramente feliz, estupidamente feliz. E eu, longe de estar feliz, acredito nisso e desiludo-me quando as coisas não acontecem dessa maneira.
Contudo, no caso específico do Dia dos Namorados, é um pouco mais que tudo o que já disse. 
O amor é lindo, deve ser um dos sentimentos mais incompreendido e que mais sofrimento e felicidade traz ao mesmo tempo, de modo que, eu acho fantástico, quando duas pessoas estão juntas e se amam: os seus dias são muito mais coloridos e as suas vidas têm um propósito! Para além disso, o amor é uma luta constante, diária, é uma chama que não se pode deixar apagar, tem de ser atiçado todos os dias, com gestos, pequenos, grandes, mas é um trabalho diário e não de um só dia. 
Dito isto, qual o objectivo de celebrar um dia (que já não tem nada que ver com a sua origem) dedicado ao amor, quando o amor é para ser celebrado todos os dias?
Assim sendo, o Dia dos Namorados não é mais do que uma afronta a todos aqueles que estão sozinhos, que não tiveram a sorte de encontrar a sua cara metade, que até vivem bem sozinhos durante o resto do ano, a par da felicidade dos casalinhos, mas que, chegado a este dia, têm de levar com as lamechices e com as acusações de inveja dos casais, relembrando-os de que o amor ainda não lhes bateu à porta. 
Muito obrigado, sim?

6 comentários:

Kyle Phillipe disse...

discordo totalmente, ontem foi dia dos namorados e eu estando solteiro diverti-me à brava! O pessoal tem é que divertir-se com aquilo que tem e fazer por si, por ser feliz!

AdamWilde disse...

Eu não disse que tinha estado a deprimir em casa, disse, no fundo, que este dia é parvo xD

Namorado P.S. disse...

A verdade é que muitos dos ódios advêm do facto de estarmos solteiros. Depois começamos a namorar, passa um ano, passam dois, passam 3, passam 4 dias desses e é mais do mesmo. O entusiasmo inicial depois vai morrendo, porque o aniversário do namoro assume uma importância ainda maior. Aliás a única importância.

iLoveMyShoes disse...

E porque há solteiros, os namorados devem ficar em casa e não celebrar o dia de São Valentim se quiserem, para os solteiros não se sentirem mal???
Ser solteiro não é negativo. Nem positivo. Apenas é...
Não celebraste o dia... e se tivesses namorado, terias ficado em casa, sozinho, só para não magoar os solteiros que te veriam a celebrar o teu amor?...

AdamWilde disse...

Estou a sentir uma certa animosidade, hehe.
Não, claro que não devem ficar em casa!
Eu só questiono a importância deste dia para uma relação... É mesmo isso que vai fazer a diferença, se no resto do ano, ninguém se esforça? É um pouco como no Ano Novo, será que é mesmo as 12 passas e os 12 desejos à meia noite que vão fazer a diferença, se ao longo do ano não nos esforçarmos?
E eu não disse que ser solteiro era positivo ou negativo, simplesmente está-se, vá, privado de aceder a um nível mais profundo de amor por alguém...

um coelho disse...

É o Natal, em que as pessoas se juntam todas e dão prendas, que vai fazer com que todos se dêem bem o resto do ano? O Dia dos Namorados é mais um dia, tem a importância que lhe dão. É explorado comercialmente, tal como o Natal, e isso sim é que me enjoa, porque de resto quando posso gosto muito de passar o dia dos Namorados com o meu rapaz.