13.8.13

Com Facebook... Outra vez.

Durou pouco a minha aventura fora do Facebook, ontem lá caí na tentação e decidi reactivar a conta. No entanto, foram quase 3 semanas afastado e isso lá tem o seu mérito!
Mal reactivei a conta, fiquei parvo com as coisas que vi, que até me perguntei porque raio é que tinha saudades disto! Mas não vou desactivá-la, porque gostava de manter o contacto com certas pessoas e o Facebook parece-me o meio mais fácil para o fazer.
Cá em casa, o meu pai ficou de férias.
Ele odeia passar um dia inteiro sem sair de casa, como eu e a minha mãe muitas vezes fazemos. Satura-se, não sei... Mas isto faz com que se gerem discussões estúpidas sobre o que é que se disse e se quis dizer, etc, a sério, se presenciassem algumas cenas, apetecia-vos bater com a cabeça nas paredes. Fico farto de os ouvir, às vezes.
A culpa não é só de um. É sabido que a minha mãe tem um feitio super complicado e que faz comentários inoportunos, lança a sua piadinha de mau gosto e tem sempre uma porcaria para dizer... Isto irrita profundamente qualquer pessoa que conviva com ela todos os dias durante muito tempo - eu e o meu pai -. Não me interpretem mal, porque nestes últimos posts tenho dito várias coisas acerca da minha mãe, mas eu amo-a, simplesmente há coisas que ela faz que me irritam profundamente, porque só complica! E o papel de vitima que ela faz e quando ela me responde que não tem estudos e que não sabe falar comigo e quando eu lhe faço uma pergunta e ela não responde à pergunta mas começa a divagar sobre o tema, em perguntar de sim ou não... É cansativo!
Cheguei à conclusão que consigo ser mau - real bitch - quando quero, mas guess what, não estou nem aí para me ralar com isso. Não posso deixar que façam o que querem de mim!

Hoje estivemos a pintar o quarto dos meus pais, não podem lá dormir esta noite, por isso, a minha mãe, toda autoritária, mandou-me arrumar o quarto, porque queria dormir aqui hoje. É que sim, miga, é isso mesmo, o quarto é meu e estás a falar nesses modos? Fiz questão de lhe dizer que ia dormir na sala, porque o quarto era meu e ela nem tinha pedido se podia cá dormir, simplesmente disse. Até nem me importava de dormir na sala, mas agora, dormem eles.

3 comentários:

Kyle Phillipe disse...

ah está de volta o velho Adam haha

Anónimo disse...

Não te ponhas contra os teus pais.
Acredita que são quem te quer mais.
Um abraço
Pi

Namorado disse...

Daqui a uns tempos vais ver que esse tempo é desperdiçado. Mas lá está, mingúem é de ferro e por mais que "coma" acaba por explodir um dia. Mais tarde ou mais cedo.