28.9.12

Depois deste ano, nunca mais volto a fazer anos!

Querer fazer algo original e melhor do que o típico jantar em que cada um paga o seu, para celebrar um aniversário, dá trabalho!
Faço anos no Domingo (sim, é para não se esquecerem e me enviarem as prendas... Ok, já sei que agora se meteu o fim-de-semana, mas se enviarem na Segunda, elas chegam na Quarta e eu não fico aborrecido com o atraso!) e a família quase toda vem cá... À custa disso hoje passei 3 horas na cozinha*, a ajudar a minha mãe a untar formas, a bater claras em castelo, a desenformar, a lavar a loiça e a provar a massa de tudo quanto fosse bolo ou sobremesa; mas ainda não está tudo feito!
Na próxima semana é a festa com os meus amigos, altura em que o meu namorado vem cá passar o fim-de-semana e os conhece, e é suposto fazer bom tempo**, para que eu possa ir para o Parque da Cidade fazer uma espécie de piquenique e sermos todos felizes a enfardar e eu a desembrulhar prendas! Por isso adivinha-se mais horas na cozinha...
Mas vai compensar (pelo convívio, óbvio!), até porque para o ano, acabou-se!
Tudo bem que, no meu mundo super-colorido-a-fazer-lembrar-o-do-Mika, este ano vou fazer 15 anos e no próximo vou fazer 14, mas neste mundo, que é partilhado por toda a gente, no próximo ano, vou estar a atingir a maioridade e ter trabalho para celebrar isso, não vale a pena.

*A meio Ao princípio, apeteceu-me ligar a toda a gente e a dizer que afinal eu não fazia anos, que tinha sido engano, vejam lá o preguiçoso que sou!
**Pois, isso é outra! Para além de dar trabalho, é Outono, está mau tempo o que limita muito as opções...

4 comentários:

Lobo Solitário disse...

É fudido fazer anos nas estações do frio.

Mas vá anima-te, SÃO 17 ANOS! Mais um ano e já podes ir bulir xD

Rapaz das marés disse...

os teus posts fazem-me tão bem
Fico alegre ao lê-los (:

AdamWilde disse...

@Rapaz das marés, hahahaha, fico muito contente por isso! =D

@Lobo Solitário, como se eu não trabalhasse já -.-' Sou estudante.

um coelho disse...

Hey, acho que os 18 anos vale sempre a pena. E depois então podes parar por aí, e fazer como eu, que vou celebrar 29 no próximo ano outravez...