3.3.12

Divaçações sobre a nota de Biologia ou Como há notas que me deixam mais triste que outras


Não posso dizer que estou contente, afinal tudo se está a desmoronar à minha volta e eu, mesmo assim, não tenho a certeza se deva mudar de caminho. Talvez se eu me esforçasse um pouco mais…
Tive um pequeno 16.4 a Biologia. 16.4! Mas que porcaria é esta?! Já para não falar do 10.2 de Física e do 9 de Matemática… Mas a essas duas sei que não consigo fazer muito melhor, por isso acho que é justo. Mas 16.4 a Biologia? Isso é uma coisa horrível!
Talvez fosse mais feliz se tirasse sempre 10 e, de vez em quando, tirasse 14; não ter as pessoas habituadas (e eu mesmo) a esperar algo de mim. E talvez fosse mesmo mais feliz, afinal ainda hoje na aula de Filosofia aprendi que há quem considere que a ignorância é felicidade; e não é que têm razão?!
E não era eu mais feliz aos 5 anos que aos 10, quando tudo se assemelhava a uma aventura? E mais feliz aos 10 do que agora, aos 16, quase 17?
Eu sei porque estou assim: sou adolescente! Estou naquela fase em que hoje quero isto e amanhã já não tenho bem a certeza.
Preferia ou ser criança e viver despreocupado com as consequências ou ser adulto e ter certezas… Pelo menos mais certezas do que aquelas que tenho hoje.

“Por mais amigos que tenha, sinto-me sempre sozinho”

2 comentários:

Lobo Solitário disse...

Parece que já não temos assim tanta pressa para crescer, queremos ser crianças de novo.
Também tirei um 14,7 a Biologia quando esperava mais que 15 fiquei lixado porque sabia a matéria toda e quando fui a ver o que tinha errado era por causa da interpretação das perguntas -.-' que estúpido

um coelho disse...

Eu sempre disse que a ignorância é uma das maiores felicidades da vida.
Não te martirizes Adam, keep focus!