27.2.12


A Diva... Eu quase que a consigo distinguir do Oscar que está atrás dela.
Vou ter de concordar com o ilovemyshoes... E é pena!


Bem, a cerimónia começou e eu vou para a cama, que não tenho vida para ver a cerimónia hoje... 
Conclusão da Passadeira Vermelha: está tudo maluco.

DIVA!

(Meryl Streep)

Ela é uma Diva, sim; eu venero-a, sim; mas ainda estou a tentar decidir se gosto do vestido... 
Assenta-lhe bem, mas a cor, a cor!...

Ehh, nem sei se goste se odeie...

(Sandra Bullock) 

(Angelina Jolie)


*Speechless*

(Gwyneth Paltrow) 

Estás linda!

More Red on the Red Carpet

(Colin Firth e a sua mulher)

Colin como foste capaz de a deixar sair de casa assim?!

Red Carpet in Red

Ela está gira...

(Nicole Kidman)

Vocês não.

(Emma Stone - esse laço é feio!)

(Natelie Portman - 
Adoro-te, mas não tiveste tempo para decidir que vestido levar? 
É que esse não foi uma boa opção.)

Sim, oh sim! Estes sim

(J.Lo)

(Viola Davis)

(Jessica Chastain)

(Milla Jovovich)

Não, não e não!

(Busy Phillips)

(Amara Miller)


(Berenice Bejo

(Anna Ferris)

Coisas tão hórrórósas!



26.2.12

Marry me now!

(Chord Overstreet)

Poesia Ao Domingo #9

Dor

Passa-se um dia e outro dia
À espera que passe a Dor,
E a Dor não passa, e porfia,
Porque trás dia, outro dia
Que traz Dor inda maior;

Porque embora a Dor aflita
Calasse há muito seus ais,
Ainda, fundo, palpita
Uma outra Dor que não grita:
A Dor do que não dói mais.

Francisco Bugalho

I do need a car wash!


Apetece-me fazer-lhes coisas... 

24.2.12

Acho esta letra absolutamente deliciosa!

Kiss With a Fist

You hit me once, I hit you back
You gave a kick, I gave a slap
You smashed a plate over my head
Then I set fire to our bed

You hit me once, I hit you back
You gave a kick, I gave a slap
You smashed a plate over my head
Then I set fire to our bed

My black eye casts no shadow
Your red eye sees no pain
Your slaps don't stick
Your kicks don't hit
So we remain the same

Blood sticks, sweat drips
Break the lock if it don't fit

A kick in the teeth is good for some
A kiss with a fist is better than none
Woah, a kiss with a fist is better than none

I broke your jaw once before
I spilt your blood upon the floor
You broke my leg in return
So I sit back and watch the bed burn

Love sticks, sweat drips
Break the lock if it don't fit

A kick in the teeth is good for some
A kiss with a fist is better than none
Woah, a kiss with a fist is better than none

You hit me once, I hit you back
You gave a kick, I gave a slap
You smashed a plate over my head
Then I set fire to our bed

You hit me once, I hit you back
You gave a kick, I gave a slap
You smashed a plate over my head
Then I set fire to our bed

Florence and The Machine


Obrigado a todos os que me esclareceram a dúcida sobre o Descartes... O teste até correu bem, depois digo a nota.
Um dos comentários falava no Mecanicismo (já não me lembro quem foi, mas essa pessoa saberá) e saiu uma pergunta para explicar como se aplicava o Mecanicismo em Descartes e eu tenho bem! =D


22.2.12

Quando muita gente me vem fazer perguntas acerca da matéria um dia antes do teste, faz-me inchar o ego.

Quando, por outro lado, me vêem fazer perguntas sobre qual é a matéria que sai, faz-me perder a paciência. Mas em vez de responder: "Estás a gozar comigo?! Vai ver à matriz que o stôr mandou ou tivesses com mais atenção nas aulas! Olhem esta agora...", eu respondo: "Isso é de que parte da matéria? Já deste isso, por acaso?"... Enfim, sou um amor de pessoa.

Uma pequena dúvida que tenho teste amanhã...

Como, raio, é que Descartes prova que o mundo físico (as realidades físicas) existe?
É que o livro é mais confuso que o meu professor e, sinceramente, já não me lembro o que ele disse...

21.2.12

Estou com uma tosse daquelas, o nariz a entupir e a desentupir, a garganta a doer agora sim porque me apetece e agora não que estou cansada... E eu a tentar estudar filosofia (está visto que não deu resultado, porque decidi vir para o computador).

19.2.12

O rescaldo

O jantar foi muito giro, comi muito bem e a companhia era boa, o problema é que eu sou muito tímido e então com gente que não conheço, mais ainda!
Depois do jantar fomos para a "night"... Foi engraçado, excepto a parte onde não ouvia nada e então o lema era: "sorrir e acenar" (neste caso, fazer-que-sim-com-a-cabeça).
Saí com uma bichona, que no fim da noite, estava mais morta que viva, a badalhoca! E foi trabalhar às 8.
Anyway, foi a primeira vez que bebi uma Imperial e... E, quer dizer, não é mau de todo, mas também não é a melhor coisa do mundo. (Sim, eu sou um betinho e não saio à noite para ir a bares, whatever)
Diverti-me muito, sim, a única coisa a apontar é o facto de a minha garganta que hoje se queixa muito depois do fumo todo com que teve de levar -.-'
Às 4 da manhã foi tudo para casa, porque os "cotas" estavam todos cansados (e por cotas refiro-me a quase todos os elementos do grupo, excepto eu e outra rapariga). Passámos, a pé, numa avenida que, àquela hora, estava tão vazia (vazia mesmo, pronto) e que, no dia seguinte, hoje, portanto, estava cheia de gente para ver o desfile.
Estava fraquito este ano, o desfile... Mas também só vi o final xD No entanto, a máscara mais original que vi foi o Wally e a namorada Holly(?) amiga Wenda ou Wilma, não consegui distinguir.

E foi isto... Agora deslarguem-me, que vou-me instalar no sofá à espera que o meu homem, o Dexter, chegue a casa.

Poesia Ao Domingo #8

7

Eu não sou eu nem sou o outro,
Sou qualquer coisa de intermédio:
Pilar da ponte de tédio
Que vai de mim para o Outro.

Mário de Sá-Carneiro

18.2.12

*Cof, cof, cof*

Estou com uma tosse esquisita que, quando vem, dói... No entanto, vou sair para um jantar com "gente fixe" que não conheço de lado nenhum.
Depois digo se eram mesmo fixes...
Isto de o Carnaval ser uma semana depois do Dia dos Namorados faz-me pensar qual dos dois é uma maior palhaçada.

Pronto, agora que já larguei o meu ódio a estes dois dias, vou-me dedicar aos meus trabalhos...

17.2.12

Acho este perfil...



...absolutamente divinal... Mas isto sou só eu!

Coisas (não tão) óbvias #3

Uma pessoa com quem nunca falei na vida e que é minha amiga no Facebook (e que por sinal é lá da escola, WTF), veio-me dizer que se precisasse de falar, que podia contar com ela; isto depois de uma publicação um tanto negativa acerca da minha pessoa, por minha parte. 

O meu problema é: quem raio és tu e porque raio é que posso falar contigo?!

The Finder





I hope he finds me!...



Esta semana foi...

BRUTAL! Em termos de séries, claro...


Tive o regresso de "The Walking Dead"
Juntando à estreia da 7ª temporada de "Bones"
(A Bones e o Booth finalmente estão juntos... +.+)




E vou ter a 6ª temporada de Dexter, já este Domingo!! :o

Aviso: Odeio ver séries no pc, porque prefiro o sofá a uma cadeira e porque tenho um pc fixo e não um portátil de jeito. 

14.2.12

O Amor É Fugaz II

Na Rua

Ninguém por certo adivinha
como essa Desconhecida,
entre estes braços prendida,
jurava ser toda minha.

Minha sempre! – E em voz baixinha:
-”Tua ainda além da vida!…”
Hoje fita-me, esquecida
do grande amor que me tinha.

Juramos ser imortal
esse amor estranho e louco…
E o grande amor, afinal,

(Com que desprezo me lembro!)
foi morrendo pouco a pouco,
- como uma tarde em Setembro…

Manuel Laranjeira

13.2.12

She's my Valentine!

Nunca vos aconteceu olhar para o roupeiro, terem lá roupa que adoram e que sabem que vos fica bem, mas simplesmente estar cansado dela e querer mandar tudo ao lixo?
Pois, a mim está-me a acontecer isso agora... Estou farto de meu estilo.

O Amor É Fugaz I

O Amor

MOTE

Amor é chama que mata,
Sorriso que desfalece,
Madeixa que desata,
Perfume que esvaece.

(popular)

GLOSAS

Amor é chama que mata,
Dizem todos com razão,
É mal do coração
E com ele se endoidece.
O amor é um sorriso
Sorriso que desfalece.

Madeixa que se desata
Denominam-no também.
O amor não é um bem:
Quem ama sempre padece.
O amor é um perfume
Perfume que se esvaece.


Mário de Sá-Carneiro

12.2.12

Acordo Ortográfico

Quanto à pergunta que fiz, sobre qual das opções estava correcta, a verdade é que ambas o estão... Para estas formas verbais pode-se utilizar ambas as grafias porque este acordo é ao nível de todos os países lusófonos e em alguns países, nomeadamente o Brasil, eles não fazem a distinção do passado e do presente com um acento, como nós fazemos.
Uma vez que se pode utilizar qualquer uma das grafias aceitem o conselho da minha professora de Português, que agora faço meu, utilizem aquela que vos ensinaram na escola primária e a que estão habituados ;)

P.S: Mark, não publiquei o teu comentário mais cedo, pois foste o primeiro a responder e respondeste bem... E tinha medo que os comentários a seguir se baseassem no teu, o que não me permitia ver quantas pessoas estão dentro do Novo Acordo. Já está publicado o teu comentário e está muito bom! Volta sempre =)

Poesia Ao Domingo #7

Não posso adiar o amor

Não posso adiar o amor para outro século
Não posso
Ainda que o grito sufoque na garganta
Ainda que o ódio estale e crepite e arda
Sob montanhas cinzentas
E montanhas cinzentas
Não posso adiar este abraço
Que é uma arma de dois gumes
Amor e ódio

Não posso adiar
Ainda que a noite pese séculos sobre as costas
E a aurora indecisa demore
Não posso adiar para outro século a minha vida
Nem o meu amor
Nem o meu grito de libertação

Não posso adiar o coração

António Ramos Rosa 

10.2.12

Preciso mesmo de deitar isto cá para fora...


Passo noites em claro a pensar no meu futuro, se tomei as decisões certas, se estou a ir pelo caminho errado…
Se dantes o futuro me assustava porque era demasiado incerto, hoje o futuro apresenta-se-me como um abismo para o qual, inevitavelmente terei de mergulhar.
A questão é que estou a viver o futuro e, ao mesmo tempo, a construí-lo, mas posso estar a construir um futuro onde não quero viver ou posso não estar a construir futuro nenhum. Posso estar a construir um futuro onde serei bem-sucedido mas infeliz, ou posso estar a construir um futuro onde estarei a viver na rua…
Tenho dúvidas, muitas dúvidas sobre aquilo que devo fazer; por um lado o coração diz-me para avançar e falar com as pessoas certas, para me esclarecerem sobre a mudança que quero para a minha vida, por outro lado o cérebro pergunta-me se será o mais sensato, se depois não me vou arrepender, se estou assim por trabalhar pouco, se quero desistir porque é mais fácil.
Mas não, não é nada disso! Acho eu…
Simplesmente sinto que não fui feito para estar onde estou e que, se mudasse, estaria melhor, seria mais feliz e estaria onde acho que pertenço. Mas não sei, não sei nada e isso atormenta-me todas as noites antes de adormecer.
É o meu futuro, o meu futuro que se apresenta diante de mim como um abismo… Mas, desistir, nunca!

Sobre o Novo Acordo Ortográfico

Qual das opções está correcta, segundo o Novo Acordo Ortográfico?


  1. Ontem cantamos.
  2. Ontem cantámos.



5.2.12

Já não é a primeira vez que digo aqui que os adultos são criaturas estranhas: têm hábitos e manias e atitudes estranha, daí que seja interessante observar o seu comportamento.
Nem a propósito do poema de hoje, que fala sobre a amizade e o seu poder, os meus pais "esbarraram" num casal amigo com quem se davam à uns anos atrás, mas que se foram afastando até deixar de haver jantaradas na casa uns dos outros e o contacto ser reduzido a mensagens em épocas festivas. Hoje, ali no meio da loja, encontraram-se e puseram a conversa em dia e até houve um convite para um jantar ou algo assim...
Eu, que era muito amigo da filha desse casal, mal lhe falei e ela a mim.

Poesia Ao Domingo #6

Pode ser que um dia deixemos de nos falar...
Mas, enquanto houver amizade,
Faremos as pazes de novo.

Pode ser que um dia o tempo passe...
Mas, se a amizade permanecer,
Um de outro se há-de lembrar.

Pode ser que um dia nos afastemos...
Mas, se formos amigos de verdade,
A amizade nos reaproximará.

Pode ser que um dia não mais existamos...
Mas, se ainda sobrar amizade,
Nasceremos de novo, um para o outro.

Pode ser que um dia tudo acabe...
Mas, com a amizade construiremos tudo novamente,
Cada vez de forma diferente.
Sendo único e inesquecível cada momento
Que juntos viveremos e nos lembraremos para sempre.

Há duas formas para viver a sua vida:
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre.

Albert Einstein

3.2.12

Mulheres Que Venero! #1

Se há uma mulher que venero acima de tudo, é a minha mãe, linda como tudo, boa cozinheira que só ela e o outro pólo de mim (porque estamos sempre ás turras, porque eu também sou um bocado difícil, como ela... mas logo a seguir ficamos bem). No entanto, aqui vou falar de outras mulheres, aquelas mais famosas e a primeira é a Meryl Streep

Se eu já a adorava quando ela fez este filme...

"The Devil Wears Prada"
...então imaginem agora, com ela a fazer est'outro filme!...

"The Iron Lady"

E para perceberem mesmo, mesmo, mesmo como gosto dela, fico a olhar feito parvo para a segunda imagem (que vem numa revista que comprei) e sou todo sorrisinhos e guinchinhos!


Gosh, incrivelmente, eu acho esta mulher extremamente sexy! Está para mim um pouco com o George Clooney está para a minha professora de Biologia (mas eu não fantasio nada com ela... nem a minha professora, acho eu! O.o). 
Enfim... Quando me apetecer, publico a número dois da minha lista (e não, não vai ser a Gaga... depois explico porquê).



"Estamos em 2012 e na União Europeia..."
 - Marcelo Rebelo de Sousa sobre a "Morte Solitária"


Já está na minha estante...


...à espera que eu acabe de ler os dois últimos livros do "Ciclo Herança".