9.12.11

Ditos do avô Celestiano #8

"Quando sentiu que estava morrendo, meu avô Celestiano chamou a mulher e pedui-lhe:
-Deixa-me fitar teus olhos!
E ficou, embevecido, como se a sua alma fosse um barco deitado num mar que eram os olhos de sua amada.
-Tens frio?, perguntou ela vendo-o tremer.
-Não. És tu que estás a chorar.
-Chorar, eu? Começou foi a chover." em "Mar me quer", Mia Couto

Sem comentários: