13.10.11


P.S: Eu prometo que, se tiver tempo, no fim de semana, eu posto aqui um textozinho decente que tenho ali sobre relações, mas que ainda não tive vontade de passar a computador (é, eu adoro escrever à mão).

7 comentários:

Pedro disse...

Olá Adam!

Já que referes questões de relacionamentos, queria perguntar a tua opinião sobre uma coisa:

Tu que tens 16 anos, acharias chocanto se soubesses que uma rapariga da tua idade namorava com um gajo de 25 ou 26 anos? Achavas que isso era pedofilia?

Ou então acharias mais natural se essa rapariga tivesse 20 e ele 30? Ai já se esbatia muito a diferença?

Quais são as tuas opiniões?

AdamWilde disse...

Técnicamente, isso começa a roçar na pedófilia... Quero dizer, em termos legais é assim.
Quando se tem 16 e se namora com alguém de 25, as diferenças são bastantes: ela estuda e ele também, mas tem mais responsabilidades e pode até trabalhar... as realidades são diferentes.
Agora daqui a 4 anos é óbvio que as realidades já não são tão diferentes e por isso o que é preciso é trabalhar para esbater as diferenças e esperar que as realidades de ambos se encontrem.

=)

Pedro disse...

E se for um homem de 26 com uma rapariga de 18?

Joel disse...

Olá Adam!

Acho que tens razão! Uma relação não é aquela coisa colorida onde tudo se encaixa na perfeição!

Eu tenho 27 anos e nunca tive namorada a sério e nem nunca me apaixonei de verdade! Já curti com algumas raparigas ao longo da minha vida e soube-me muito bem tanto a mim quanto a elas, mas nunca tive nada a sério com ninguém e tenho 27 anos. Se eu algum dia arranjar uma companheira e construir familia será depois dos 40 anos com uma rapariga no minimo 10 anos mais nova, pois um gajo até aos 50 anos é jovem nos dias de hoje! Tenho um tio-bisavô vivo que tem 94 anos e ele teve várias relações ao longo da vida e foi pai acidentalmente aos 36 anos (a mãe do filho tinha 27), e apesar de tudo gostou muito do filho e hoje tem uma relação bacana com o filho apesar da avançada idade. E para os seus 94 anos ele está bem de saude, não tem grandes limitações físicas quem o vir pensa que ele tem 80 anos.

Mas regressando à vaca fria, eu já curti com algumas raparigas mas nunca tive namorada a sério, nunca me apaixonei de verdade.

E Adam, se queres que te diga uma coisa, eu acho que se deve ter curtes ocasionais, várias de preferência para que no dia em que se viva realmente um grande amor, já não haver riscos de haver traições!

Uma colega minha de trabalho acabou de se casar agora aos 34 anos com um homem de 41 anos, é o primeiro casamento quer de um, quer de outro. Ela pelo que sei, teve o seu primeiro namorado na vida já no final da faculdade, aos 22-23 anos, pois antes ela quis priorizar os seus estudos e depois o seu curso e a inserção no mercado de trabalho. Mas agora, tanto o marido já não é o primeiro namorado e nem ela a primeira namorada dele e eles já decidiram que vão ter dois filhos e ela há de os ter algures entre os seus 35 e os seus 40 anos. Nem é assim tão tarde, pois ela tem um avô vivo que tem 92 anos e está lúcido e rijo para a idade e provavelmente ainda há de conhecer os filhos dela (mas eles não hão de conhecer o avô da mãe)

Bom, desculpa este testamento todo, mas também precisava desabafar pois muitos amigos meus chegam a pressionar-me para ter uma namorada (alguns até já estão noivos), mas eu não me sinto com disposição pra isso!

Abraço

AdamWilde disse...

@Pedro, aí já nem é considerado pedofília em termos legais, nem as realidades de cada um são muito diferentes, embora o sejam um pouco.

@Joel, eu tenho um namorado mas não foi porque andava á procura de um, foi porque o encontrei sem querer e então "a coisa" ficou.
No entanto não penso casar-me nem ter filhos porque não acredito no casamento. Uma coisa de que dure uma vida inteira (até que a morte nos separe) é muito tempo e quando o casamento foi "criado" a esperança média de vida era de cerca de 35 anos...
Não quero ter filhos porque não sou bom com crianças e porque me falta a paciência e alguma da sensibilidade para tal.
Quanto a curtes, pensarei nisso quando o tempo chegar ;)

Ana Rita disse...

Olá Adam!

Eu tenho 20 anos e assumo que nunca tive nenhum namorado na vida, mas não sou frígida, muito pelo contrário. Desde os meus 17 anos que frequento um ginásio e vejo lá muitos gajos bonzões e grossos e isso ainda me motiva mais a ir para o ginásio e para a natação também, então quando aqueles rapazes giros e bonzões se desfilam de tanga-slip pela piscina, wooowww!

Mas não penses que eu me atiro aos namorados das outras e destruo relações. Não sou nada disso, sou muito respeitadora e para mim namorado de amiga minha é gaja para mim. E gajos casados ou comprometidos é como se fossem gajas, eu não curto com gajos casados ou com namorada.

Amigas minhas já sofriam por amor aos 15 anos, eu sempre achei isso uma perda de tempo, eu tenho e sempre tive outros interesses e objectivos na vida. E quando tenho vontade de me afiambrar a um gajo, aproveito as oportunidades e vejo se há algum que esteja de olho em mim e seja giro.

Eu já fui à sauna Apolo 56 que há no Marquês em Lisboa neste Verão com uma amiga solteira e sem namorado e verifiquei que a predominância de homossexualidade é maior (para mais informações, pesquisa na net sobre sauna Apolo 56 e vais directamente ao site), eu fui lá com o objectivo de me afiambrar a gajos bons e então era um paraiso ver gajos giros e grossos todos nus e suados e então os que tinham marca de tanguinha de praia, uiiii ainda mais gulosa ficava. Só que eles eram gays e não tive nenhuma hipotese com nenhum deles, mas digo-te já que ver dois gajos bons nuns e suados a comerem-se punha-me completamente maluca e só tive pena era de não participar!

Enfim, eu acho que não tenho e nem nunca teria estofo para ter uma relação. Eu já tenho muitas amigas e muitos amigos rapazes também. Uns são amigos como se fossem meus irmãos e outros que, estando solteiros e sem namorada, era capaz de curtir com algum desses, pois apesar de eu ter muitos amigos, muitos deles não são como irmãos, mas há respeito e amizade à mesma e eu já curti com um ou outro amigo rapaz. Apesar de ser uma curte frívola e não uma relação, pelo menos já o conhecia e tinha um certo grau de intimidade e à vontade, não eram estranhos. E depois eu não sou a unica, pois uma amiga minha quando fez 18 anos curtiu com o primo que tinha 26 e estava solteiro e sem namorada. Só não curtiu antes por caussa da diferença de idades e porque ela sendo menor, isso não podia acontecer e ela já algum tempo que queria afiambrar-se ao primo, só que esperou por fazer 18 anos, mas depois nunca tiveram uma relação.

Bom, Adam, desculpa este meu testamento mas basicamente quero-te dizer que não descarto a hipotese de um dia amar de verdade e ser correspondida da mesma maneira, mas ainda tenho muito tempo para isso, só tenho 20 anos, não tenho nem 35 e nem 40!

beijo e fica bem!

Ana Rita

André disse...

Olá!

Achas que é possível que um homem nunca na vida se apaixone e sinta amor por alguém e não tenha nenhum relacionamento, porém tenha necessidades físicas de, digamos se "afiambrar" a mulheres boas e sexys? Achas que o facto de um homem nunca namorar e nunca estar apaixonado, mas sim com tesão por mulheres boas e gostosas faz dele má pessoa?