1.10.11

Filosofias II

Em resposta ao post Filosofias , a Aninha disse que era a primeira opção, ou seja, a verdade consiste em saber como realmente o mundo é. 


Mas isso é impossível!
Ora então, se eu falasse com um cão e lhe dissesse que o mar é azul, ele diria que eu estava enganado e que era uma espécie de cinzento, porque eles só vêm a preto e branco. E então, quem está certo?
E mesmo que fosse eu aquele que estivesse certo, estaria a mentir...

O mar não é azul pois reflecte a cor do céu, mas o céu também não é azul porque as cores não existem, elas resultam da "diferenciação" dos fotões, somos nós que vemos o mundo como ele parece ser! 


Tudo isto vem dar ao que o Sad Eyes disse: "o que nos parece, muitas vezes, pouco tem de real...".
Nós só conseguimos ver o mundo como ele nos parece ser porque temos "véus" a impedir-nos de ver-mos o mundo como ele é, no entanto vamos sempre tentando deixar cair esses "véus" através da experiência.

3 comentários:

Lobo Solitário disse...

Curti da explicação físico-química dos fotões xD

Mas isso leva-nos a outra interrogação, afinal o que é que é real?

AdamWilde disse...

@Lobo SOlitário Já não me lembrava bem do que o stor de Filosofia tinha dito xD
Exacto, o que é real?

K. disse...

Quando um átomo passa de um estado de energia mais elevado para um mais baixo, emite cor, que não é mais do que a libertação de energia. Não é assim? Então a cor é real, agora o modo como tu percepcionas essa cor, é diferente do meu. As nossas células fotossensíveis hão-de ser diferentes e por isso, o verde pode ser mais verde para mim do que para ti.

Eu acho que é impossível saber exactamente como o mundo realmente é e tomamos pois como verdade aquilo que o mundo nos parece ser.