23.8.11

INDIGNADO!

Estou muito indignado! A sério que estou e não fico assim muitas vezes, a não ser quando as pessoas são tão estúpidas e só pensam nelas e no que têm a fazer.
Ora, fui eu dar uma volta de bicicleta para abater as banhas até que chego a um cruzamento. Começo-me a chegar para a esquerda da faixa para depois virar e vejo que vem um carro atrás de mim... O que A senhora devia ter feito era esperar atrás de mim, uma vez que eu estava a fazer a indicação que ia virar, mas não, ultrapassa-me quando ia começar a virar, a filha da p*ta! Se tivesse sido alguns segundos depois, levava-me à frente e aí eu queria ver...
Ah e tal que as bicicletas são mais ecológicas e blah, blah, blah, quer uma pessoa andar, respeita as regras, mas vem alguém que andou a estudar para tirar a carta e faz uma coisa destas... Deviam ensinar também a conduzir com as várias coisas que se deslocam na estrada!
Mas estão vocês a dizer: "E as ciclovias?". E eu respondo: "Isto não é uma cidade, é uma aldeiazinha e não tem modernices dessas, portanto tem de se andar na estrada!".
E pronto, tenho algumas coisas profundas a dizer, mas isso fica para depois, porque este momento é de indignação e não de filosofias.

4 comentários:

sad eyes disse...

A quase totalidade das nossas cidades, vilas e aldeias não têm cultura de bicicletas na estrada, por isso não é de espantar que isso tenha acontecido.

Cisco disse...

Em Inglaterra tens montes de ciclovias que ligam cidades e bairros, e onde não tens tens de andar na estrada. E olha que as pessoas respeitam ainda menos se não andares como um outro veículo qualquer. Se andares nos passeios apanhas uma multa se passares pela polícia.

Eu disse...

Isso de quase a totalidade é errado. Existem muitas localidades em que a bicicleta é um meio de transporte por excelência (no Ribatejo, por exemplo). O que não há realmente é civismo por parte de quem anda na estrada; mesmo naquelas codades em que o ciclismo é uma das mais antigas actividades.

JLCC disse...

EU VIIIIIIIIII!!!!