7.7.11

LGB and what about the T?

Estive a ver, na RTP1, a reportagem "Finalmente Mulher" e achei bastante interesse até porque é um assunto onde, admito, sou bastante ignorante!
Entretanto surgiram-me algumas questões, as pessoas que nascem no corpo gostam de pessoas de que sexo?
Do género, a Patrícia (a transexual da reportagem) gostava de rapazes, mas e se gostasse de raparigas enquanto ainda tivesse o corpo de rapaz?
O Edu diz que se assim fosse essa pessoa não faria a operação porque teria que passar por discriminação a dobrar... Até faz sentido, mas viveria o resto da sua vida sentindo-se mal com o seu corpo?
Nestes últimos tempos, e mais do que nunca, tem se falado no difícil processo que é mudar de sexo... Tem-se dado a conhecer inúmeros casos onde se vê que o processo é bastante complicado envolvendo desde a parte psicológica até à parte física (como é óbvio) mas no final, o resultado é o combinar de uma preparação tanto emocional como física; um processo bastante doloroso. Tem-se mostrado que o apoio familiar é bastante importante, ter um pilar para apoiar naquele momento bastante complicado que envolve bastantes mudanças... Mas não se fala de quem é que esses transexuais (e o google chrome não reconhece a palavra...) gostam.
Eu vi um caso de uma mulher que esteve casada com um homem e teve, até, uma filha... Mas não se sentia bem no seu corpo, não se encaixava ali, o seu corpo gritava mulher e o cérebro gritava homem mais alto. Entrou então no doloroso processo da mudança de sexo... E depois de concluído, o agora, ele vai-se apaixonar por um homem ou por uma mulher?

(Espero que tenham conseguido perceber e que me consigam esclarecer)

4 comentários:

Mara_ disse...

Depende dos casos, nada e concreto. Por exemplo ha imensos homens que se sentem mulheres (gostando de homens) e apos a operaçao acabam por se tornarem lesbicas. Sei que nao faz muito sentido (primeiro pensas que és gay, depois percebes que te sentes uma mulher, mudas para mulher e afinal depois descobres que afinal gostas é de mulheres.. é um pouco como voltar ao inicio lol) mas já vi varias reportagens e programas de tv sobre o assunto e os casos sao o mais variado possivel!
Sei que nao respondi a tua pergunta, mas tentei :)

João disse...

Essa última pergunta é um cadito discriminatória...eu acho que cada um se irá apaixonar por quem lhe apetecer, mesmo depois de mudar de sexo.

Porque não há-de haver alguém que dê uso total à sigla GLBT? :)

Viva a liberdade de escolha!

AdamWilde disse...

Talvez seja um pouco discriminatória, tens razão @João , mas estava confuso com esta história toda...
Mas, sim faz sentido que alguém dê uso a quase toda a sigla LGBT... E é como a @Mara_ diz, cada caso é um caso ;)

Thank u =)

sad eyes disse...

vi há tempos uma entrevista na rtp2 de dois suecos que nasceram homens, fizeram operação de mudança de sexo e depois quiseram mudar de novo...
é um assunto muito complexo...