15.5.11

Ódios pessoais

Não gosto quando me dizem que o que eu ouço não é música, que o que eles ouvem é que é bom e etc e tal... É uma coisa que me inquieta, que me deixa nervoso, quiçá, fora de mim!

Na aula de Filosofia (mesmo no final):

Eu: Não gostei dessa música do Bob Dylan...
O outro parvinho: Ai, não gostas... Isto é que é música, agora Lady Gaga, odeio isso!
Eu: Olha lá, mas alguém te obriga a ouvir Lady Gaga, então não ouças e não critiques quem gosta, olha agora! Ninguém te pediu opinião.

E pronto, odeio quando me fazem isto!

Peace.

Dígamos que esta mania de querer por um estilo de música em cima de outro também é daquelas coisas que me dá uns nervos do caneco!...



5 comentários:

silvestre disse...

Quando me dizem isso imagino que tenho um cão e ele começa a fazer-lhes xixi para a perna. sorriu e desligo :)

sad eyes disse...

sou obrigado a dar-lhe razão. lady gaga so mesmo para dançar no T, e só porque não há melhor.
mas temos que respeitar os gostos dos outros.
contudo, sugiro-te que oiças outras coisas, não por preconceito contra a dita lady gaga, mas porque de facto há música com qualidade e música com menos qualidade...
sem resistências podias tentar perceber porque é que o bob dylan tem mais qualidade :-)

AdamWilde disse...

Ohhh, mas isso da qualidade é tudo relativo... E em vez de começar a dar exemplos, que ambos já percebemos :p, vou directo à pergunta: porque é que o bob dylan tem mais qualidade?
(e obrigado por comentar e por visitar o espaço ^^)

André disse...

Olá Jorge.

De facto, eu pelo que vejo na net, há muita gente a criticar Lady Gaga e a dizerem que não é musica e tal e que o pessoal que só ouve musica comercial não entende nada de musica...

Bom, falando por mim, eu tenho quase 26 anos e vou sempre seguindo as musicas mais atuais, na area da pop e pop/dance, mas selecciono sempre as actuais, eu não sou daqueles que ficam agarrados às musicas que passavam quando era mais novo, é sempre o actual! Eu devo ouvir coisas que provavelmente os meus colegas de trabalho não ouvem!

Se bem que eu não sou propriamente fanático pela Lady Gaga como tu, mas curto as musicas dela e curti o espectáculo quando fui ao concerto! Mas eu ouço muita musica variada dentro do panorama pop e pop/dance! Também ouço por exemplo Buraka som Sistema, Flow 212 (curti as musicas Ritmo do Meu Flow e Tá Hot, não sei se te lembras dessas) e também dos Mundo Secreto (a musica Soa o Alarme foi a melhor até agora, e aproveito para te dizer que assisti ao concerto dos Mundo Secreto no bar/discoteca Manta Beach, na Manta Rota (Algarve) no Verão de 2009. Essas bandas não existiam quando eu tinha 18 ou menos anos mas 'tou-me a cagar' curto aquilo que aparece, conforme a minha selecção!

Por exemplo, eu não sou fã do Justin Bieber, mas não tenho nada contra ele! Curti a musica Somebody to love em parceria com o Usher e inclusivamente essa musica já passou lá no ginásio enquanto eu treinava. Por exemplo, também curto algumas musicas da Miley Cirus mas não vou propriamente assistir a um concerto dela

E digo-te outra coisa: eu quando tinha 15-16 anos curtia as musicas Spinning Around, One a night like this, Can´t get you out of my head e In your eyes da Kylie Minogue, hoje isso tudo pra mim já passou à história há muito tempo, isto é como os arquivos: deita-se fora o que está desactualizado e guarda-se o que for dos ultimos tempos para cá

Bem, Jorge, desculpa este testamento, mas será que consegui fazer entender o meu ponto de vista, é basicamente para te dizer que muitas vezes ouço aquilo que a sociedade não considera musica e eu estou mais agarrado ao panorama presente do que ao passado

Ikki disse...

Todos temos gostos musicais diferentes e, nalguns casos, até algo originais! (:
As discussões musicais são simpáticas e dá para aprender umas coisas (já descobri muito boa música á conta disso!). Mas devemos respeitar os gostos de cada um, claro! Ninguém é obrigado a ouvir nada e, muito menos, a gostar!
No meu caso, por exemplo, não sou grande fã da Gaga, contudo sei a letra de cor de todas as músicas mais conhecidas! E ninguém me morde por isso!
Abraço!