12.8.10

It's time to move on.

É altura de mudar, de seguir em frente. E por isso é preciso arrumar… Arrumar o passado, dentro de caixas gigantes de papelão, para serem guardadas num canto do sótão e encherem-se de pó, bem como as memórias que essas caixas contêm; que ficam a apanhar pó num qualquer recanto da nossa mente.
Olha este jogo… Lembraste de como passávamos horas a jogá-lo? E este kit de magia? Lembraste onde o compraste? Oh, e como foi giro fazeres aqueles truques para os colegas da escola primária, lembraste? E assim, as memórias, contidas nessas pequenas coisas, sacodem o seu pó e saem das caixas escondidas num recanto qualquer da mente e mostram-se… Mostram a sua beleza, a beleza dos momentos felizes e menos felizes que o tempo fez questão de levar, como levou muitos dos intervenientes nessas memórias.
E uma onda de nostalgia percorre o corpo…
E lembraste daquele conjunto de carimbos? Fartaste-te de gastar folhas… E aquele globo que pensavas que era uma prenda para outra pessoa? Olha este livro de gramática… Eras muito bom aluno na primária! A onda de nostalgia vai-se intensificando… Vaga a vaga ela vai-se fortalecendo e causando danos, como um tsunami. Faz-me querer voltar a ter esses momentos de volta e revivê-los… Mas sei que não os posso ter só mais uma vez. Tenho que seguir em frente!
Lembraste…?
Lembraste…?
Lembraste…?

Sem comentários: