5.7.10

Meia hora mais tarde... Cada dia, o meu limite aumenta... Nem sei porque lhe chamo um limite... Limite do cansaço? Não. Limite da paciência? Talvez.
Estou sem paciência, é isso!
Mas sem paciência de quê? Porquê?
Eu até gosto da Noite...
Isto era suposto fazer sentido, mas estou tão confuso, tão sem paciência. Não quero ouvir os comentários, não me quero sentir inútil... Mas não dá, não consigo.

Sem comentários: