27.4.10

Momento de Fraqueza

Sinto-me flutuar. As horas passam e eu flutuo Oceano adentro. Nada mais importa, nada mais vale a pena!
As horas continuam a passar, o mundo continua a avançar e a minha mente parece não se importar.
Flutuo Oceano adentro...
Quero sentir aquele arrepio gélido, aquele pavor paralisante. Aquele arrepio gélido que abre a porta para o Vazio.
O Vazio negro e frio.
A Morte!
Afinal, nada mais importa, nada mais vale a pena.

Sem comentários: