1.1.10

Passagem de Ano

6
5
4
3
2
1


Feliz 2010


Não houve contagem decrescente, não houve euforia, não houve desejos... Não houve festa.
Well, a minha passagem de ano foi em casa com os meus pais e uns amigos da família. Fiquei o tempo todo no quarto na net, depois fui comer as passas e voltei para o quarto outra vez!
Tinha medo! Medo deste novo ano, medo de não saber o que fazer, bah... Foi uma seca e por isso espero que o ano me corra bem xD.
Não pedi desejos (acho que não tive tempo...) apenas quero que a minha vida não se altere bruscamente e que não tenha de passar por dificuldades...

Bom começo de 2010

3 comentários:

Esme disse...

as dificuldades fazem parte da vida e acho que quando passamos por elas crescemos...

Sandro disse...

Na sequência da questão q tinha feito, percebi que uma pessoa não é obrigada a pensar em relacionamentos e pode sim ter o direito a curtir a sua vida livre, leve e solto! A questão agora é: mesmo que um rapaz ou homem se atraia por raparigas ou as mulheres por rapazes ou homens ou no caso de serem homossexuais mulheres atrairem-se por outras mulheres e homens por outros homens, achas que é possível que no conceito de felicidade da pessoa não inclua ter um amor verdadeiro ou ter o amor da sua vida? E essa pessoa gostar de ter olhos para várias pessoas e não pensar em ter o amor da sua vida ou o amor verdadeiro e isso não fazer parte do conceito de felicidade da pessoa?

Já agora um bom ano 2010

Zoninho disse...

há-de correr! tens de fazer por isso, tenhas ou não feito pedidos! e com optimismo, hás-de acabar com um grande sorriso. excelente 2010, portanto!

abraço